Junta de Freguesia de Merufe

Heráldica

Brasão:  escudo de vermelho, cacho de uvas de ouro, folhado de prata, entre dois cotos de asa, de ouro, o da dextra volvida, em chefe, duas chaves, uma de ouro e outra de prata, passadas em aspa, com os palhetões para o chefe e atadas de ouro; em campanha, uma espiga de milho de ouro, folhada de prata. Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro: “MERUFE”.




Bandeira:  branca. Cordão e borlas de prata e vermelho. Haste e lança de ouro.


Selo: nos termos da Lei, com a legenda: “Junta de Freguesia de Merufe – Monção”.


Simbologia: As duas chaves, uma de ouro e outra de prata, passadas em aspa, com os palhetões para o chefe e atadas de ouro, representam S. Pedro, o Padroeiro da freguesia (são as "chaves do Céu").

 

O cacho de uvas de ouro, folhado de prata e a espiga de milho de ouro, folhada de prata, representam a agricultura em Merufe, em face do passado e, de certa forma, ainda, uma parte no presente, com a sua componente económica na vida das pessoas desta freguesia. Os dois cotos de asa, de ouro, o da dextra volvido, são uma referência à família dos Abreus, que têm na história de Merufe uma importância fundamental, e em cujo símbolo heráldico, tem essas peças em fundo vermelho.

 

 A cor do brasão de vermelho fica desta forma justificado.

A bandeira é branca em razão de ir buscar essa tonalidade a uma das peças do brasão, conforme determinam as boas regras heráldicas.

 


Parecer emitido em 09 de Julho de 2001, pela Comissão de Heráldica da Associação dos Arqueólogos Portugueses. Em Agosto de 2001, o Parecer, por proposta desta junta de Freguesia, foi aprovado em sessão da Assembleia de Freguesia de MERUFE.

 

Publicado no Diário da República de 21 de Agosto de 2003.

 

Registado na DGAL.


© 2021 Junta de Freguesia de Merufe. Todos os direitos reservados | Termos e Condições

  • GESAutarquia